Vereadores aprovam a PPP da iluminação pública de Oeiras


O projeto de Parceria Público-Privada (PPP) da Iluminação Pública, de autoria do Poder Executivo foi votado e aprovado nesta segunda-feira (10) por 9 votos a favor e 4 contra.

Para ser aprovado, o projeto precisaria de no mínimo 2/3 dos votos, o que foi obtido com êxito através de votação secreta, bastante questionado pelos vereadores da oposição e intitulado como "manobra" pelos vereadores Beron (MDB-PI) e Gilmar Fontes (PT-PI).

O vereador e presidente da Câmara Municipal Espedito Martins e Letiano Vieira, ambos do PP-PI, justificaram que a votação secreta é regimental, já que foi aprovado um requerimento pedindo para que a votação ocorresse desta forma. INFORMAÇÃO OEIRAS EM FOCO

Os vereadores Letiano Vieira, Heloisa Helena, Márcio Carroceria, Wanderley Rocha, Edvaldo Lima, Evando do PSD e Fernando de Zadim declararam votos a favor em seus discursos e bastidores, assim como o do presidente Espedito Martins, já que na modalidade secreta cabe o voto do mesmo.

O projeto de autoria do Poder Executivo que tem como propósito de modernizar e ampliar o parque energético de Oeiras, contemplando as zonas urbana e rural, teve declaração de voto contrário pelos vereadores da oposição (Gilmar Fontes, Beron Morais, Cleylton Adrande e Nelson Júnior), tendência confirmada em votação. Cabe ressaltar que os votos não podem ser cravados pelo Portal Oeiras em Foco devido a modalidade de votação, por isso a redação usou o termo "tendência".

Segundo o projeto, a empresa que ganhar a concessão, deve trocar à instalação de lâmpadas de LED (diodo emissor de luz) de última geração, instalar em Oeiras o Centro de Controle e Operações, um local de atendimento presencial, um telemarketing, com obrigação da contratação da mão de obra local, o que deve gerar emprego aos moradores de Oeiras. O investimento previsto é de R$ 79.850.980,00 em todos os 24 anos de concessão.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.