Prefeitura de Colônia do Piauí projeta gastar R$ 1 milhão com combustível


O prefeito de Colônia do Piauí, Selindo Mauro Carneiro Tapeti Segundo, mais conhecido como Selindinho (PL), vai gastar mais de R$ 1 milhão com combustíveis para atender as necessidades da Prefeitura de Colônia do Piauí. Foram contratadas quatro empresas por meio do Pregão Presencial nº 001/2021. 


Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população estimada de Colônia do Piauí em 2020 é de 7.661 pessoas e o município possui apenas 950,193 km² de área territorial.

A primeira empresa contratada foi o Posto de Gasolina Andrade & Araújo LTDA (contrato nº 16/2021), para fornecimento de óleo diesel S-10 e óleo diesel comum. Nessa contratação a prefeitura vai desembolsar R$ 162.600,00 (cento e sessenta e dois mil e seiscentos reais).

O contrato nº 17/2021 foi assinado com a empresa Marta M G F Silva- Posto São José, para fornecimento de gasolina comum. Serão gastos nessa contratação R$ 208.800,00 (duzentos e oito mil e oitocentos reais).

O terceiro contrato (nº 18/2021) foi firmado com a empresa João Batista Silva Barroso Eireli- Posto Santa Isabel para fornecimento de diesel S-10, óleo diesel comum e gasolina comum. A empresa foi contratada por R$ 428.500,00 (quatrocentos e vinte e oito mil e quinhentos reais).

O quarto contrato (nº 19/2021) foi assinado com a empresa Transservice Petróleo LTDA- Posto Carvalho, para aquisição de óleo diesel s-10, óleo diesel comum e gasolina comum. A prefeitura vai desembolsar R$ 202.600,00 (duzentos e dois mil e seiscentos reais) com essa contratação.

Todos os contratos foram assinados no dia 8 de março deste ano e tem a validade de 12 meses. Os extratos dos contratos foram publicados no Diário Oficial dos Municípios do dia 24 de março. com informação GP1

O espaço está aberto caso a outra parte queira se justificar dos fatos

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.