PM cumpre mandado de prisão por tráfico de drogas em Floresta do Piauí

O 2ª CIA do 14ª Batalhão de Polícia Militar, através da Grupamento de Polícia de Floresta do Piauí, cumpriu um mandado de prisão por tráfico de entorpecentes na tarde desta sexta-feira naquela mesma cidade (Floresta).
O mandado de prisão ao elemento de iniciais I.B.F da S. de 31 anos estava expedido pelo Des. Joaquim Dias de Santana Filho desde 22 de abril deste ano.
I.B.F da S. foi preso em dezembro de 2019 juntamente com mais 4 pessoas numa operação da Força Tática de Simplício Mendes em conjunto com os GPM's de Floresta do Piauí e Santo Inácio que teve como objetivo combater o tráfico de drogas na região. Após impetrar Habeas Corpus no Tribunal de Justiça do Piauí o indivíduo conseguiu uma medida liminar que revogou sua prisão preventiva e lhe permitiu ficar em liberdade.
No entanto, durante o julgamento do Habeas Corpus pela 2ª Câmara Especializada Criminal ficou decidido pela revogação da liminar de soltura e consequente expedição de novo mandado de prisão em desfavor do acusado.
Na noite de ontem, 28, durante uma análise do andamento do referido processo, o serviço de inteligência da 2ª CIA do 14° BPM percebeu que havia um novo Mandado de Prisão em aberto e que ninguém havia sido comunicado deste fato. De imediato foi feito contato com o Comandante do GPM de Floresta do Piauí e repassada a documentação e informações pertinentes para a realização da prisão. Informações do Portal Nacontramao Piauí
A Lei de Abuso de autoridade de autoria do Senador Renan Calheiros e aprovada pelo congresso nacional em 26 de abril de 2017, proíbe através do art. 13 inc.I, que a imprensa divulgue nomes, exiba todo ou parte do corpo e algo que venha constranger o preso o detento à curiosidade pública, exceto em flagrante da imprensa no local e ou transporte do mesmo.
A sociedade é muito importante, quando decide anonimamente denunciar roubos, agressões ou qualquer tipo de infração. Para que isto seja possível, basta acessar o aplicativo da Polícia Civil de Oeiras. A identidade será mantida em absoluto sigilo. As denúncias podem ser feita através do 190 e do WhatsApp (89) 988029541 da Polícia Militar, ou através do endereço eletrônico http://bit.ly/denunciapcoeiras. OEIRAS EM FOCO