Centro Judiciário de solução de conflitos já firmou acordos na ordem de quase R$ 3,5 milhões em Oeiras


O Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) da comarca de Oeiras realizou, desde sua implantação, em setembro do ano passado, acordos na ordem de aproximadamente R$ 3,5 milhões. O total de audiências realizadas no período foi de 333 sessões de mediação e conciliação. A unidade está sediada no Fórum Desembargador Cândido Martins.

Os trabalhos foram conduzidos pela magistrada coordenadora do Cejusc de Oeiras, a juíza Maria do Socorro Rocha Cipriano, com o auxílio do secretário e mediador do Cejusc, Arthur Benedicto de Reis Feitosa. Na unidade são fomentadas as práticas autocompositivas de conflitos e a promoção da cultura da paz como alternativa mais célere e eficaz no tratamento de contendas jurídicas.

“O Cejusc de Oeiras trouxe muitos benefícios ao jurisdicionado porque deu celeridade aos feitos que já estão em andamento, ou seja, os processuais, como também ajudou nos pré-processuais para aqueles jurisdicionados que precisavam ajuizar suas ações mas acham as custas processuais altas. Com a implantação do Cejusc, não há custas no pré-processual, então, muitos jurisdicionados procuraram a unidade para dirimir seus conflitos”, explica a juíza. “Em 2020, nós pretendemos divulgar mais ainda a importância e o trabalho do Cejusc para a celeridade na prestação jurisdicional, que é o que o jurisdicionado espera”, acrescenta.

O Cejusc é uma unidade do Poder Judiciário especializada em atendimento ao público para a solução consensual de conflitos e orientação nas matérias relativas à cidadania. Os Cejuscs proporcionam um ambiente neutro, no qual os interessados em solucionar um determinado conflito têm a chance de conversar, negociar e chegar a um acordo satisfatório, com o auxílio de um “conciliador”, isto é, de um terceiro imparcial e capacitado em métodos consensuais de solução de conflitos.

A juíza Maria do Socorro Rocha Cipriano e o mediador do Cejusc, Arthur Benedicto de Reis Feitosa.
 

About Redação