PM convoca policiais de férias a se reapresentarem após ataques no CE

Na publicação desta segunda-feira, 23, do Boletim do Comando Geral da Polícia Militar do Ceará (PMCE), os policiais militares tiveram as férias interrompidas por determinação do coronel comandante-geral da PMCE. A interrupção acontece no terceiro dia de ataques no Ceará, iniciados no sábado, 21. Pelo menos 15 ataques foram confirmados pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). As informações são do O Povo.

Conforme o texto divulgado no boletim, a resolução se baseia na "necessidade do serviço institucional". "Fica interrompido, a partir desta data, o gozo de férias do efetivo desta PMCE referente ao mês de SETEMBRO/2019, até segunda ordem deste Comando".

A orientação é de que os comandantes das organizações policiais militares da Capital e Região Metropolitana providenciem o cumprimento desta determinação, devendo, ainda, apresentar seus efetivos que se encontram de férias até as 9h dessa terça-feira, 24, no Pátio Interno do Quartel do Comando Geral - QCG, devidamente uniformizados e equipados, "para fins de pronto emprego". No caso dos policiais do Interior, os efetivos devem permanecer de prontidão a partir de terça-feira, aguardando orientações do Comando.



A determinação informa que os militares abrangidos nesta interrupção terão garantidos o reinício do gozo das férias, cuja data será publicada em Boletim. A determinação não se aplica aos militares que estejam à disposição de outros órgãos bem como aos militares das 1ª, 2ª e 3ª Companhia de Polícia da Guarda, em razão da natureza de suas atividades.

Ônibus escolares são queimados no município de Jucás
Ônibus escolares foram incendiados no município de Jucás, no Ceará. Segundo fontes, ao todo foram dois ônibus, uma caçamba e um caminhão de lixo atingidos pelo fogo. Ninguém foi preso até o momento. Ainda de acordo informações da fonte, os criminosos irão agir no interior do estado, onde o contingente policial é pequeno.

Desde o último sábado, 21, ataques criminosos são registrados no Ceará. Entre os alvos estão transportes coletivos, caminhões, lojas, juizados e veículos da companhia distribuidora de energia na Capital.
















About Geciano Vieira

0 Comments:

Postar um comentário