Atleta Oeirense, profissional de fisiculturismo do Piauí é campeã nacional em SC


Primeira atleta a conquistar o cartão profissional no Piauí e bicampeão piauiense na categoria Bikini Fitness, Brenda Farias foi Campeã Nacional de Fisiculturismo do Campeonato Sardinha Classic, segundo maior evento do esporte no Brasil. O evento contou com mais de 800 participantes e aconteceu em Santa Catarina.


Brenda é profissional de Educação Física e teve seu primeiro contato com o fisiculturismo, após receber o convite de um amigo para colher dados entre atletas e realizar um trabalho de nutrição.


“Lá dentro, conhecendo, vendo as pessoas e conversando, as pessoas começaram a falar que eu tinha físico de Bikini – categoria que eu faço parte hoje – e aí comecei a admirar os atletas e todo aquele envolvimento que havia lá dentro entre treinador, atleta estratégias e tudo mais”, contou Brenda.

A partir desse primeiro contato, o interesse e a curiosidade sobre a categoria só aumentaram. Com acompanhamento nutricional, Brenda se propôs a ingressar no esporte e iniciou pesquisas sobre a categoria e analisar o que era necessário melhorar em seu porte físico e buscar um padrão apto competições.


Brenda e o nutricionista Rodrigo Uchôa

Após se mudar para Oeiras, já sem treinador, Brenda iniciou seu treinamento em 2017. Foram dois anos de preparação solitária, até conhecer o treinador Roniel Souza, de Caxias-MA e o nutricionista Rodrigo Uchôa até sua estreia em 2019, em Teresina, no Campeonato Estreantes Piauiense. “Lá, eu fui Top 1 na minha categoria, que é Bikini Fitness, até 1m66”, contou a atleta.

Depois de estrear, a participação em competições prosseguiu e ainda em 2019, Farias foi Campeã Piauiense Top 1 na sua categoria e Campeã Overall (campeã entre todas as campeãs da categoria Bikini). O caminho estava trilhado e, o Top 5 no Campeonato Brasileiro chegou no fim do ano.


Profissionalização

Após a paralisação de competições, devido à crise sanitária causada pela pandemia de coronavírus, 2020 foi marcado por um período de treinos em casa, já que as academias estavam fechadas.

Com a retomada gradual dos torneios, em dezembro de 2020, Brenda voltou ao Campeonato Piauiense e confirmou seu favoritismo. Em janeiro, a ida à São Luís na Copa World Nacional, e as premiações, renderam à atleta o Cartão Pro-Card. Atualmente, Brenda é a única mulher piauiense com o título.

Fisiculturismo no Piauí

O esporte que tem origem na Grécia, a partir do mito de Milon de Crótona - um atleta do período Olímpico greco - que baseava seus treinamentos a partir de um bezerro utilizado nos exercícios. No período Ocidental denominado modernidade, o esporte começou a se organizar em 1940, com o primeiro campeonato mundial. Em 1965, Joe Weider criou o Mister Olympia, principal torneio do mundo, que tem o ex-ator e ex-governador da Califórnia, Arnold Schwarzenneger, como um de seus expoentes.

Ao GP1 Esporte, Brenda explicou que a principal concentração de atletas no fisiculturismo se concentra em Teresina. Aqui, temos dois atletas profissionais e campeonatos são organizados pela IFFBB – PI (Federação Piauiense de Fisiculturismo e Fitness – Piauí).

“São três campeonatos com diferentes categorias, masculinas e femininas, que acontecem aqui em Teresina, organizados pela IFFBB-PI. Tem o Campeonato Piauiense, o Estreantes e a Copa Piauiense de Fisiculturismos que acontecem anualmente, reunindo atletas filiados no Piauí e também pessoas de outros estados que se filiam à Federação Piauiense”, disse Brenda.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.