Lista dos prefeitos que entraram na "farra dos combustíveis" no Piauí


Atenção Ministério Público e Tribunal de Contas!


Em plena pandemia da covid-19, prefeitos de municípios piauienses estão se refestelando com o dinheiro público, com desembolsos exorbitantes em contratos suspeitos. A maioria desses gastos tem sido com gasolina e álcool para “abastecer” os veículos das prefeituras, uma verdadeira “farra dos combustíveis”. FONTE GP1

Em municípios com três mil habitantes, onde a prefeitura conta com apenas quatro ou cinco veículos, os gestores vêm assinando contratos, alguns milionários, para comprar elevadas quantidades de combustíveis, sem qualquer explicação plausível.

A lista de prefeitos já chegou a 30 e a cada dia tem mais adesões. O signatário deste blog fez um levantamento junto ao Diário Oficial dos Municípios (onde são publicados os contratos) e traz aqui os nomes de todos os gestores que integram a farra dos combustíveis, bem como os valores de cada contratação.

Confira a lista dos prefeitos:

Edilson Capote (PSD) – Barras: R$ 4.400.000,00 (quatro milhões e quatrocentos mil reais);


Marcelo Costa (Progressistas) – Valença do Piauí: R$ 3.500.000,00 (três milhões e quinhentos mil reais);

Fernanda Marques (PTB) – Luzilândia: R$ 3 milhões;

Assis Mãozinha (PSD) – Piracuruca: R$ 2.666.208,00 (dois milhões, seiscentos e sessenta e seis mil e duzentos e oito reais);

Dr. Corinto Matos (Progressistas) – Marcolândia: R$ 2.659.000,00 (dois milhões e seiscentos e cinquenta e nove mil reais);

Magno Soares (PT) – Castelo do Piauí: R$ 1.718.000,00 (um milhão e setecentos e dezoito mil reais);

Ítalo Alencar (MDB) – Agricolândia: R$ 1.442.100,00 (um milhão, quatrocentos e quanta e dois mil e cem reais);

José dos Santos Barbosa (Progresssitas) – São João da Varjota: R$ 1.414.290,00 (um milhão, quatrocentos e catorze mil e duzentos e noventa reais);

Rivaldo Carvalho (Progressistas) - Massapê do Piauí: R$ 1.344.580,00 (um milhão, trezentos e quarenta e quatro mil e quinhentos e oitenta reais).

Professor Zé Filho (Progressitas) – Cabeceiras do Piauí: R$ 1.299.058,10 (um milhão, duzentos e noventa e nove mil, cinquenta e oito reais e dez centavos);

Antônio Erivan (Progressistas) - São João da Fronteira: R$ 1.273.008,00 (um milhão, duzentos e setenta e três mil e oito reais);

Marcelino Araújo (PT) – Coivaras: R$ 1.247.918,60 (um milhão, duzentos e quarenta e sete mil, novecentos e dezoito reais e sessenta centavos);

Baltazar Campos (PTB) - Palmeirais: R$ 1.137.500,00 (um milhão, cento e trinta e sete mil e quinhentos reais);

Joercio Andrade (MDB) - Guaribas: R$ 998.803,00 (novecentos e noventa e oito mil e oitocentos e três reais);

Tairo Mesquita (Republicanos) – Santo Inácio do Piauí: R$ 994.824,00 (novecentos e noventa e quatro mil e oitocentos e vinte e quatro reais);

Antônio Leal (Progressistas) - Olho D’Água do Piauí: R$ 986.340,00 (novecentos e oitenta e seis mil e trezentos e quarenta reais);

Afonso Sobreira (Progressistas) - Novo Oriente: R$ 928.640,00 (novecentos e vinte e oito mil e seiscentos e quarenta reais);

Paulo Cazimiro (PSD) – Santo Antônio dos Milagres: R$ 925.700,00 (novecentos e vinte e cinco mil e setecentos reais);

Geraldo Fonseca (Republicanos) – Bertolínia: R$ 861.950,00 (oitocentos e sessenta e um mil, novecentos e cinquenta reais);

Júnior Ribeiro (Progressistas) – São Gonçalo do Piauí: R$ 851.561,12 (oitocentos e cinquenta e um mil, quinhentos e sessenta e um reais e doze centavos);

Gedison Alves (MDB) – Marcos Parente: R$ 850.700,00 (oitocentos e cinquenta mil e setecentos reais);

Adeilson de Carvalho “Novinho” (Progressistas) – Francisco Macedo: R$ 787.400,00 (setecentos e oitenta e sete mil e quatrocentos reais);

Cláudio Pereira (PL) – Pajeú do Piauí: R$ 746 mil;

Manoel Portela (PTB) – Aroazes: R$ 674.320,00 (seiscentos e setenta e quatro mil, trezentos e vinte reais);

Dona Conceição (PTB) – São Miguel da Baixa Grande: R$ 570 mil;

Professor Miguel Rodrigues (Republicanos) – Itainópolis: R$ 544.000,00 (quinhentos e cinquenta e quatro mil reais);

Orlando Costa (Republicanos) – Fartura do Piauí: R$ 543.700,00 (quinhentos e quarenta e três mil e setecentos reais);

Marcos Henrique (PSD) – Morro do Chapéu do Piauí: R$ 511.100,00 (quinhentos e onze mil e cem reais);

Ana Lina (PSD) – Murici dos Portelas: R$ 372.050,00 (trezentos e setenta e dois mil e cinquenta reais) – sem licitação;

Fabiano Lira (PT) – Brejo do Piauí: R$ 286.000,00 (duzentos e oitenta e seis mil reais).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.