MUNICÍPIOS

[CIDADES][bleft]

AÇÃO POLICIAL

[POLICIAL][bsummary]

ACIDENTES

[ACIDENTES][twocolumns]

POLÍTICA

[POLÍTICA][bleft]

CATEGORIAS

[CATEGORIAS][bsummary]

DETALHES DO ESPORTES

[ESPORTES][twocolumns]

Em São João da Varjota do Piauí onda de furtos e badernas tem apavorado a população


Segundo informações repassadas ao portal Oeiras Atualizada nesta quinta feira dia, 04, está ocorrendo na cidade de São João da Varjota uma onda de Furtos, e badernas que tem deixado a população apavorada.

Na cidade aconteceram nesses últimos cinco dias alguns fatos que não acontecia na cidade há muito tempo, veja a baixo os fatos ocorridos:


1º FATO - Na madrugada do Sábado, dia 27/03, no Povoado Mimoso em São João da Varjota ladrões Roubaram uma Moto na Residência da dona Carmelia, os ladres estavam fugindo do local com a moto quando acabou a gasolina próximo a BR 230, e os mesmos esconderam a moto no matagal, quando foi na segunda feira, dia 01, a noite um popular ia passando pelo local viu a moto no matagal e reconheceu que a moto era de uma pessoa conhecida.


2º FATO, - Na madrugada da segunda feira ,01, foi realizado o roubo de umas vacas leiteiras e umas galinhas na fazenda do senhor Dito, os bandidos mataram uma das vacas, e deixaram no local o coro, o fato e a cabeça, e as demais partes da vaca eles levaram.


3º FATO - Nos dias, terça e quarta feira, uns homens andavam a noite na cidade aterrorizando a população em um carro modelo fiat, cor vermelha, e outros de moto, com uma barra de ferro, arrastando no chão e batendo nas portas das residências, da meia noite ás 4h, o vigia noturno e o vigia da praça foram até o GPM, quando chegaram lá só tinha um policial de plantão e o mesmo não sabe dirigir.

O popular disse; “São João da Varjota está um Caos”, outro ressaltou, “ aqui não era assim, hoje nós não temos paz”.

A cessação de impunidade tem deixado um sentimento de abandono na população, se as autoridades como o prefeito, vereadores não tomarem as devidas providencias, poderá acontecer uma fatalidade no município.

Nenhum comentário: