MUNICÍPIOS

[CIDADES][bleft]

AÇÃO POLICIAL

[POLICIAL][bsummary]

ACIDENTES

[ACIDENTES][twocolumns]

POLÍTICA

[POLÍTICA][bleft]

CATEGORIAS

[CATEGORIAS][bsummary]

DETALHES DO ESPORTES

[ESPORTES][twocolumns]

Tatiane Carvalho, fala sobre estratégias da volta as aulas


Em entrevista ao Portal Integração a Gerente da 8ª Gerência Regional de Oeiras – Piauí, Tatiane Barbosa de Carvalho, falou sobre as estratégias da retomada das atividades do ano letivo de 2021 nas escolas estaduais da regional de Oeiras.

De acordo com Tatiane, Seduc está implementando o Programa de Reforço da Aprendizagem – Juntos para Avançar. Esse programa está pautado em duas portarias, sendo elas, 1001/2020 e 1006/ 2020, bem como nas orientações do COE e do CNE sobre as medidas que podem ser adotadas no âmbito da Educação diante da pandemia.

Para isso, haverá uma fusão do período letivo de 2020 e 2021, sendo assim um ciclo educacional contínuo, buscando a integralização curricular e, principalmente, retomar as competências e habilidades que não foram alcançadas em 2020.

“Essas portarias dão as prerrogativas iniciais de como será o ano letivo e os três primeiros meses de janeiro, fevereiro e março, onde acontecerá esse programa de correção de fluxo. O ano letivo de 2021 terá início no dia 25 de janeiro e o objetivo dele é trabalhar as habilidades dos estudantes nas habilidades presenciais e remotas, o que chamamos de Ensino Híbrido, um estilo de ensino que combina o uso da tecnologia digital com as interações presenciais, visando à personalização do ensino, é um modelo possível para facilitar a combinação, de forma sustentada, do ensino online com o ensino presencial”, disse a diretora da 8ª GRE.

Ainda segundo Tatiane Barbosa, cada escola vai se organizar junto com sua equipe pedagógica com atividades diversificadas, onde será definido o que eles estão trabalhando para reforçar esses alunos e trabalhar durante esses três meses, de acordo com as competências e habilidades.

O Juntos para Avançar é um programa que resgata os estudantes que tiveram dificuldades no ano de 2020. Os alunos que não participaram no ano de 2020, que não tiveram acesso e não tiveram como participar também vai ter direito a esse programa.

O programa está dividido em duas fases: Fase 1 com início para 25/01 que tem como objetivo resgatar aprendizagens não adquiriras em 2020. Todos os alunos da rede participarão desta fase, exceto alunos da 3ª série regular, integrado e VII etapa que integralizaram o currículo. Durante esse período, a prioridade a ser trabalhada com os estudantes, deve ser pautada na priorização curricular com foco nas competências e as habilidades da avaliação do SAEB, para cada ano/série e etapas nas modalidades correspondentes. Essa fase deve encerrar dia 09/04/2021 com uma Avaliação Diagnóstica.

A fase 2: Destinada aos estudantes que não obtiveram êxito na Fase 1. Deve começar dia 19/04/2021 e será organizada no contra turno ou de acordo com o estabelecido pela escola.

Como vai começar o ano?

De forma híbrida, ou seja, envolvendo atividades síncronas e assíncronas, de acordo com a possibilidade de cada escola. O retorno presencial não deve acontecer nesse primeiro momento, a não ser que aconteça alguma mudança nas orientações de segurança.

As matrículas estão abertas e tem um cronograma de execução.

Matrículas

As matrículas novas, que são as matrículas online estão acontecendo de 18/12 a 15/01 através do site da Seduc.

Já a renovação da matrícula acontece de forma automática. O aluno que estuda em uma determinada escola fica automaticamente matriculado lá no período de 18/12 a 30/12.

Em relação ao remanejamento, que são os alunos transferidos de outras escolas será de 18/12 a 15/01.

Confirmação de matrícula presencial
A confirmação de matrícula presencial acontecerá do dia 18 a 22/01.

Transferência
A transferência está pautada em declarações, documentos, histórico escolar e certificados e acontecerá de 21/12 a 08/01.

No ato da confirmação presencial, todos os alunos que venham ser matriculados na rede de ensino estadual terão direito a um chip com 20GB de internet e conexão 4G para acompanhamento das aulas remotas, isso no ato da confirmação da matrícula ou posteriormente, assim que os chips chegarem em Oeiras.

Por Rogério Silva e Romário Britto/ Portal Integração

Nenhum comentário: