Oeirense perde de goleada para a SEP e não garante vaga na série "A" do Piauiense



ADEUS, OEIRENSE
Caçula da Série B, o Oeirense se despede da competição com a amarga eliminação na semifinal. O time de Cícero Monteiro precisava de um simples empate para comemoraro acesso e a vaga na final, porém acabou sofrendo o revés que deixou em cacos o sonho de disputar a elite. A equipe encerrou com campanha de três empates, duas vitórias e uma derrota.

GOL RELÂMPAGO E PÊNALTI DESMARCADO
Com apenas um minuto de partida, o Picos arrancou do Oeirense a vantagem feita no jogo de ida, em Oeiras, Jogada de Hugo Freitas, que colocou a bola na cabeça de Raphael Freitas, abrindo o 1 a 0. O placar já era suficiente para o Zangão – mas restavam ainda 89 minutos de partida. De um duelo muito faltoso, que prevaleceu a força física, e de bastante briga pelo espaço, o lance que praticamente selou a classificação do Picos aconteceu aos 25, quando o árbitro acabou expulsando o volante Kaio, do Oeirense, após uma jogada confusa por demais, onde Dib deu pênalti, mas voltou atrás. Com um a mais, o Zangão passou a colocar a bola no chão, soube ser inteligente. 

MOSSORÓ DESCONTA, E FREITAS FAZ O GOL DO ACESSO

No segundo tempo, Cícero Monteiro colocou Brandão no ataque, além de deixar o Oeirense mais ofensivo com Jaime. Com a atitude, o time passou a esboçar uma reação – muito com bolas alçada na área. Porém, o Picos manteve a partida sempre sob controle. Aos 10, ampliou com um golaço de André Victor, que acertou um chutaço. Paulinho Mossoró, de pênalti, ainda descontou. O 2 a 1 trouxe uma dose de drama, mas o artilheiro e o dono da camisa 9 resolveu: também de pênalti, aos 33, fez o terceiro do Picos.



About Geciano Vieira