Oeirenses sem hidrômetros em suas residências estão sofrendo com os valores exorbitantes dos talões de Água do SAAE

Cidadãos oeirenses estão sofrendo com os valores exorbitantes dos talões de Água do SAAE
Moradores do Bairro Canela estão pagando o valor de 12 metros cúbico sem que em suas residências possuam hidrometro.

O correto deveria ser por parte da  Prefeitura que todos moradores que não possue hidrômetros, pagassem somente a tarifa como residencia social de até 10 metros cúbicos, pagando assim R$ 11,82 ao invés de R$ 36,95.

Como uma família que vive apenas do Programa Bolsa Família pode pagar um talão neste valor tão alto?
É contraditório que famílias sejam contempladas por esse programa de transferência de renda e gastem metade do valor recebido pagando talões de água à Prefeitura de Oeiras.

Vejam o decreto (Ato discricionário do Prefeito Zé Raimundo que não passa pela Câmara), onde o mesmo determina que as casas que não possuem hidrometro paguem apenas 12 metros cúbicos de água mais 50% de esgoto.

Porque o prefeito não determina que seja cobrado a Tarifa Social de até 10 metros cúbicos para quem não possui hidrômetro?.





About Geciano Vieira

0 Comments:

Postar um comentário